Tocar Saxofone alto para iniciantes|Como aprender



TOCAR SAXOFONE ALTO PARA INICIANTES COMO APRENDER

O saxofone não é um instrumento tão complexo como parece, por isso esse artigo tenta ajudar de forma simplificada como aprender tocar saxofone alto para iniciantes.

O assunto abordado aqui também pode ser visto em nosso canal Escola virtual de musica no Youtube acessando a playlist “Saxofone“. Lá tem muitas dicas em vídeo sobre como tocar saxofone.

O saxofone alto é um dos saxofones mais comuns nos grupos musicais atuais e normalmente é o instrumento que as pessoas imaginam quando ouvem a expressão “saxofone“.

Sua afinação é em Mi bemol, sendo mais grave que o sax soprano e mais agudo que o sax tenor.

É uma ótima opção para crianças e adultos e oferece muitas possibilidades de aprendizagem e expressão musical.

Nesse artigo temos um “basicão” para ajudar a começar a tocar saxofone, porém você pode aprofundar sua aprendizagem ou aperfeiçoamento no curso online saxofone passo a passo

O SAX ALTO E ACESSÓRIOS

A tessitura das diferentes marcas e variações do sax alto pode mudar de um estilo clássico até ao jazz, passando por variações mais melancólicas e outras mais vivas.

Portanto, se você ainda esta em duvida sobre o estilo de som que gostaria de produzir, empreste ou alugue de uma escola ou loja de música, a menos que você esteja absolutamente certo de que você vai ficar com o instrumento.

Muitos novatos preferem modelos estudantil da Yamaha (o alto YAS-26), mas para o nível iniciante, qualquer marca disponível numa fonte respeitável deve funcionar bem.

Você também vai precisar dos seguintes acessórios, se já não vierem com o instrumento:

Boquilha

Uma boquilha. Se ela já não vier com o instrumento, não compre a mais barata disponível, mas também não precisa comprar uma boquilha profissional.

Provavelmente a melhor opção seria uma boquilha de ebonite:

As séries Claude Lakey 6*3 Original, Selmer C* e S-90 são as mais populares entre os professores e músicos de vários níveis, desde principiantes a profissionais.

Muitas outras marcas também oferecem boas boquilhas para iniciantes. A  boquilha Yamaha 4C também é popular.

Geralmente uma boquilha de ebonite boa varia em torno de R$ 200 a R$300 no Brasil (clique na imagem).

Para iniciar, não se preocupe em adquirir uma boquilha profissional, pois um bom modelo para iniciantes poderá ser suficiente.

Boquilhas de metal não são boas sugestões para iniciantes.

O pior erro que um iniciante pode fazer é comprar uma boquilha cara por causa da publicidade, inclusive com o aval de alguns profissionais.

As preferências em termos de boquilhas são muito pessoais. O que funciona para mim pode não funcionar para você.

A boquilha usada por Dave Koz pode não ser a mais adequada para um musico iniciante.

Você precisa testar varias ate encontrar algo que você goste ou que se adéque ao seu estilo.

Em função disso, as boquilhas de metais não são uma boa escolha para iniciar esse processo porque normalmente são mais caras.

Para encontrar a melhor boquilha para você, pesquise. Conheça o que os diferentes formatos e tamanhos alteram no som e na resposta do instrumento.

Boquilhas com abertura maior produzem um som diferente daquelas com a abertura menor. É mais fácil entender quando você testou ambos os tipos.

Algumas boquilhas são feitas para atingirem certas qualidades tonais e, se você não sabe o que está procurando, você precisa experimentar as diferentes variações ate encontrar a boquilha perfeita para você.

Uma braçadeira 

Caso não esteja incluída com a boquilha. A braçadeira é o dispositivo que prende a palheta à boquilha.

Uma braçadeira de metal é uma boa opção. Alguns músicos preferem o som produzido pela braçadeira de couro, mas esta custa mais caro que as de metal.

Algumas palhetas

Para um iniciante, a melhor opção seria experimentar os diferentes tamanhos de palhetas.

Mas você provavelmente ficará com uma palheta de numeração entre 1.5 e 2.5, o que com certeza poderá proporcionar uma boa sonoridade. As melhores marcas são Rico e Vandoren.

Correia

O Sax alto não é um instrumento pesado, mas você precisa de uma correia para apoiá-lo confortavelmente durante a execução.

Existem diferentes tipos de correias e você pode escolher aquela que seja mais cômoda para você.

Uma flanela

Muito útil para manter o seu instrumento sempre limpo. Use uma flanela amarrada com um barbante com um pequeno peso na outra extremidade.

Assim, você poderá puxar o barbante através do instrumento para remover a umidade de todo o tubo principal e a campânula.

Manual de dedilhado

A maioria dos saxofones vem com um manual indicando a posição das mãos e dos dedos no bojo do instrumento e a maneira correta de pressionar as chaves para produzir as notas..

Método de Estudo

Embora não seja obrigatório, se você está aprendendo por conta própria ou gostaria de alguma ajuda extra, estes métodos são um excelente investimento.

COMO TOCAR SAXOFONE ALTO

Agora vamos montar o saxofone.

Encaixe o tudel (ou pescoço, a parte curta e ligeiramente inclinada) na parte superior do corpo do instrumento e aperte o parafuso para prender bem.

Cuidado para não entortar ou quebrar a chave de oitava, certificando-se de encaixar corretamente no encaixe do corpo do sax.

Coloque a braçadeira sobre a boquilha e encaixe a palheta entre elas, apertando em seguida os parafusos.

Finalmente, ponha a correia na parte de trás do instrumento e ao redor do seu pescoço.

Como segurar o instrumento

 A mão esquerda deve ficar na parte superior e mão direita na parte inferior.

O polegar direito deve sustentar o descanso curvado na parte inferior.

Os dedos indicador, médio e anelar da mão direita devem pressionar as chaves de madrepérola, fáceis de encontrar.

O dedo mindinho deve ficar livre para se mover entre as chaves abaixo daquelas.

O polegar esquerdo deve pressionar a chave do registro de agudo, enquanto os dedos da mão esquerda pressionam as chaves de madrepérola no topo.

Forme a embocadura

Existem muitas maneiras diferentes de fazer uma embocadura.

Iniciantes são, por vezes, ensinados a colocar os lábios sobre os dentes (como o vovô banguela).

A maioria das pessoas põem o lábio inferior sobre os dentes ligeiramente e descansam os seus dentes superiores sobre a parte superior da boquilha.

Outros ainda pressionam os lábios firmemente sem cobrir os dentes.

Cada método produz uma qualidade de som diferente.

Toque com o que funciona melhor para você.

É importante selar bem ao redor da boquilha, de modo que, quando você soprar, o ar passe pelo instrumento e não escape pelos cantos da boca.

Mas não pressione demasiadamente os lábios.

Sopre o instrumento

Sem pressionar nenhuma chave, sopre no instrumento.

Se você fez isso direito, o som que ouvir será o Dó sustenido (ou o Mi do diapasão).

Se você não conseguir produzir um som ou este som saia como um rangido, ajuste a sua embocadura até que o som melhore.

Você também pode tentar tocar apenas a boquilha ligada ao tudel, sem o resto do sax.

Às vezes é mais fácil de fazer o seu primeiro som assim. Depois é só fazer a mesma coisa com o tudel conectado ao sax.

Toque as notas.

Pressione a segunda chave de madrepérola com o dedo médio superior (mão esquerda), deixando as outras livres. Esta nota é o Dó (Mi bemol no diapasão).

Pressione a primeira chave de madrepérola com o dedo indicador da mão esquerda. Esta nota é o Si (Ré no afinador).

Pressione a primeira e a segunda chave com o indicador e médio. Isso produz a nota La (Dó no diapasão).

Continue cobrindo as chaves na seqüência, enquanto desde a escala.

As três chaves superiores pressionadas formam o Sol, estas mais o indicador da mão direita formam o Fá, enquanto estas mais o dedo médio da direita foram o Mi, depois o Re e, então, o Dó, pressionando o dedo mindinho.

Você poderá ter um pouco de dificuldade com as notas mais graves no início, mas vai melhorar com a prática.

Pressione a chave do registro de agudo (acima do seu polegar esquerdo) e qualquer das notas que emitir serão elevadas uma oitava acima.

Com a ajuda do manual de dedilhado, estude as notas chamadas “agudíssimas” (acima do Dó oitavado) e as notas mais graves (abaixo do Dó grave, pressionando todos as chaves sem o registro de oitavas), bem como os bemóis e sustenidos.

Com o tempo, você será capaz de reproduzir todas as notas que o seu sax pode alcançar.

Procure alguma musica para tocar

Se você está aprendendo para uma banda marcial da escola ou pública, você terá algo definido para aprender, ou seja, as musicas que a banda toca.

Caso contrário, visite uma loja de música para comprar partituras e métodos para começar a tocar a partir deles.

Continue praticando

Com muito trabalho duro e dedicação, você vai ficar cada diz melhor.

Você pode se especializar em vários tipos de estilos musicais, como o jazz, por exemplo.

ALGUMAS DICAS

Seu corpo precisa estar sempre relaxado e confortável ao tocar sax.

Certifique-se que você se sente com a coluna ereta e que respire pelo diafragma (não pelo pulmão).

Para descobrir se esta respirando pelo diafragma, verifique se, ao inalar o ar, sua barriga vai para a frente.

Ela deve inflar quando você inspira e desinflar quando você expira. Faça o exercício.

Junte-se a banda da sua escola ou cidade ou a uma orquestra comunitária.

Não pense que você pode aprender um instrumento fácil e rapidamente.

Aprender um instrumento pode levar anos de paciência e prática.

Leve seu sax alto para um luthier (profissional especializado em consertos de instrumentos) pelo menos uma ou duas vezes ao ano, para ter certeza que ele está em boas condições de funcionamento.

Você pode prolongar a vida de seu porta-voz através da compra de almofadas bocal que ficam no topo do bocal para evitar recortes de seus dentes. Essas almofadas também proteger os dentes das vibrações do instrumento.

Para obter o melhor som possível, afine o seu sax antes de tocar. Use um afinador ou diapasão.

Tenha em mente que o sax alto é um instrumento de transposição.

Ele é afinado em mi bemol, ou seja, significa que a nota que você ouvir será nove semitons abaixo da nota escrita.

Uma vez que você tenha aprendido tocar um tipo de saxofone, você pode aprender a tocar qualquer um dos outros com bastante facilidade.

Todos eles possuem o mesmo sistema de chave e dedilhados, mas são mais graves ou mais agudos do que o alto.

A maioria dos saxofonistas tocam mais de um saxofone.

Avisos

Certifique-se de esfregar seu sax com a flanela cada vez que você tocar.

Se você não limpá-lo, as sapatilhas dentro das chaves podem acumular saliva e ressecar, fazendo com que a chave não feche totalmente, vazando ar.

Se isso acontecer, leve seu sax a um luthier imediatamente.

Sob nenhuma circunstância toque logo apos comer. As enzimas na saliva fará com que seu sax se deteriore.

Certifique-se de que você escove ou lave a boca com água antes de tocar.

Não segure o seu sax pelo tudel (pescoço) ou pela parte superior.

Muitos iniciantes entortam as chaves fazendo isso.

Segure o sax pela campânula, onde não tenha chaves que possam quebrar ou entortar.

Da uma conferida nos outros artigos referente aos instrumentos de sopro:

 Notas

Fonte de pesquisa: Wikipedia, Wikihow

Siga-nos no Facebook

Inscreva-se no canal Escola virtual de musica e acompanhe nossas vídeo aulas.

 

Quer aprender tocar violão? Assista uma vídeo aula gratuita do minicurso de violão básico. Veja como é fácil, você pode tocar!

Julio Vianello

Julio Vianello é empreendedor digital desde 2013. Acredita que o marketing digital é um mercado em expansão e seu objetivo é ajudar as pessoas a ter seu espaço no mundo digital através de inúmeras possibilidades que surgem a cada dia.

O objetivo desse blog é de colocar à disposição dos amantes da música as oportunidades de interagir no mundo da música aprendendo a tocar instrumentos musicais

Website: http://instruase.com