Música eletrônica-produzir sua própria música (parte 4)



MÚSICA ELETRÔNICA-PRODUZIR SUA PRÓPRIA MÚSICA (parte 4)

Após ter acompanhado os artigos anteriores sobre essa matéria, nesse quarto e último artigo sobre produção de música eletrônica chegou o momento em que agora você já tem os conhecimentos mínimos necessários para produzir sua própria música. É um momento triunfal para por a mão na massa e fazer aquela performance que você esperava.

Veja agora uma das maiores festas de música eletrônica do mundo, Tomorrowland em Barcelona (2013). Dá vontade de estar lá curtindo esse som!

O QUE MAIS PRECISA SABER 

Tudo que foi explicado nessa matéria até esse momento é apenas o minimo do básico para se fazer música eletrônica. É claro que com o que foi explicado até aqui ainda não é tudo que tem que saber para produzir seus remix e editar suas músicas como um DJ profissional, mas dá para impulsioná-lo nesse estilo de música.

Vídeo aula 3 uma técnica poderosa

Como prometi na parte 2 dessa matéria. Trouxe na sequência dos quatro artigos sobre música eletrônica mais uma vídeo aula de VST grátis para cada artigo que será publicado. Tenha acesso a terceira vídeo aula clicando aqui. Esse é a última vídeo aula grátis dessa série. Caso tenha perdido alguma aula, é só ver os artigos anteriores sobre música eletrônica

Caso queira aprender os seus próprios timbres desde o inicio, deixo a sua disposição um e-book (livro digital) que você pode baixar também gratuitamente que te ensina passo a passo à dominar qualquer VST e criar os timbres que você sempre sonhou.

Edições e remix

Para fazer suas edições de música eletrônica com maestria e qualidade, você ainda precisará se preparar num bom curso de produção de música eletrônica que vai te ajudar a produzir as suas próprias músicas rapidamente sem grandes dificuldades.

Já sabe o básico

Se você acompanhou esses últimos quatro artigos desse blog, você já conhece os equipamentos e dicas que deixa você mais familiarizado com os equipamentos. Agora você está totalmente preparado para não ter nenhuma dificuldade em acompanhar os cursos de forma eficiente.

O que os DJ’s indicam

Caso queira conhecer um curso de música eletrônica que tem sido muito procurado por DJ’s profissionais, eu recomendo sem sombra de dúvida os cursos AdvancedProducer, Produção de Remix ou o Síntetizador na prática, são cursos que a maioria dos DJ’S indicam.

EDITANDO SUA MÚSICA ELETRÔNICA

Com os equipamentos informados nos artigos anteriores já dá para produzir a sua primeira música seguindo essas dicas passo a passo que indicamos abaixo:

Primeiramente estabeleça as batidas.

As batidas e ritmos são a espinha dorsal de toda sua música. Aqui é onde você deve usar os sons de bateria.

Adicione o ritmo dos graves.

A próxima coisa a acrescentar é o ritmo baixo, quer se trate de uma guitarra baixo ou outro som instrumental de baixa frequência. Certifique-se de que o seu ritmo baixo e batida de tambor trabalham juntos antes de trazer outros sons instrumentais.

Adicionar ritmos adicionais, se desejado.

Nem todas as canções têm um único ritmo. Alguns usam vários ritmos, com os ritmos adicionais entrando na música em locais destinados a chamar a atenção do ouvinte ou em momentos-chave na história da música. Certifique-se os ritmos adicionais trabalhar com o ritmo principal para produzir o efeito que você está procurando.

Camada de melodia e harmonia.

Este é o lugar onde seus instrumentos VST entram em jogo. Você pode usar seus sons predefinidos ou experimentar com seus controles para encontrar o som desejado.

Misture os sons para os níveis desejados.

Quer que os sons produzidos pelos instrumentos que tocam o ritmo, ritmos e melodia para trabalhar em conjunto? Para conseguir isso, escolhe um componente para servir como o som de referência para ajustar os outros componentes contra; na maioria dos casos, este será o som de batida.

  • Em alguns casos, você estará olhando para um (mais rico) o som “gordo” em vez de um som mais alto. Para fazer isso, você pode usar vários instrumentos em uma determinada peça ou usar o mesmo instrumento várias vezes. Este último é muitas vezes feito com gravações vocais, um dos cantores de fundo ou às vezes o vocalista. Isto é como cantora Enya alcança seu som em seus registros.
  • Você pode querer introduzir alguma variedade, utilizando instrumentos diferentes em diferentes coros da canção, especialmente se você está tentando evocar respostas emocionais diferentes de seus ouvintes em lugares diferentes. Você também pode querer variar o registo, o campo em que a música está sendo tocada, para manter a música animada.
  • Você não tem que preencher cada segundo de sua composição com todos os truques à sua disposição. Às vezes, como nos versos, você pode deixar de fora as harmonias de acordes e deixe o ritmo, melodia e vocais levar sua música. Em outros momentos, como no início e no final, você pode querer usar somente vocais.

Saiba o que seu público espera.

Se você estiver fazendo música eletrônica para alguém diferente de si mesmo, você tem que tomar as expectativas do seu público em conta, tais como na criação de uma introdução que vai agarrá-los e fazê-los ouvir o resto da canção. Você não tem que atender a todos os seus caprichos, no entanto; se tornando uma grande produção do coro não parece certo para você, não faça isso.

Algumas dicas

Ao escolher a estação de trabalho de áudio digital direita ou outro software de tomada de música, olhar para as versões de demonstração de cada aplicativo que você está considerando a possibilidade de decidir qual aplicativo funciona melhor para você.

Depois de criar uma canção, tente reproduzi-lo através de vários sistemas de som, tais como aparelhos de som domésticos, auto-rádios, leitores de MP3, smartphones e tablets, usando uma variedade de alto-falantes e fones de ouvido. Você deve encontrar um som que soa razoavelmente bem em tantos formatos quanto possível.

Notas:

Chegamos ao fim da matéria “Música eletrônica”. Espero que essa matéria tenha ajudado você a tirar suas dúvidas e aprender um pouco sobre a música do futuro. Deixe seu comentário sobre esse artigo.

Fonte de pesquisa Wikihow

Quer aprender tocar violão? Assista uma vídeo aula gratuita do minicurso de violão básico. Veja como é fácil, você pode tocar!

Julio Vianello

Julio Vianello é empreendedor digital desde 2013. Acredita que o marketing digital é um mercado em expansão e seu objetivo é ajudar as pessoas a ter seu espaço no mundo digital através de inúmeras possibilidades que surgem a cada dia.

O objetivo desse blog é de colocar à disposição dos amantes da música as oportunidades de interagir no mundo da música aprendendo a tocar instrumentos musicais

Website: http://instruase.com